Proteger é vacinar!!

A imunidade à maioria das doenças diminui gradativamente com o tempo, por isso, é muito importante fazer as revacinações anuais. Veja abaixo as doenças mais comuns e  vacinas para cães e gatos:

45 ATÉ 60 DIAS
1ª DOSE DA POLIVALENTE

66 ATÉ 81 DIAS
2ª DOSE DA POLIVALENTE E 1ª DOSE DA GIÁRDIA

87 ATÉ 102 DIAS
3ª DOSE DA POLIVALENTE E 2ª DOSE DA GIÁRDIA

108 ATÉ 123 DIAS
4ª DOSE DA POLIVALENTE E 1ª DOSE DA GRIPE

6 MESES (180 DIAS)
ANTI-RÁBICA

REFORÇO ANUAL:

1 DOSE DA POLIVALENTE
1 DOSE DA ANTI-RÁBICA
1 DOSE DA GIÁRDIA
1 DOSE DA GRIPE

Doenças mais comuns dos cães:

Leptospirose:
Doença com alto índice de mortalidade. É causada por bactérias que também podem infectar os humanos. A transmissão se dá pelo contato com o animal doente ou pela ingestão de alimentos, água ou urina contaminados. Sintomas: inapetência, febre, hemorragias, icterícia, vômitos e urina amarronzada. Zoonose (pode contaminar humanos).

Cinomose:
Doença altamente disseminada e frequentemente fatal, causada por vírus. A transmissão ocorre por contato direto com secreções do nariz e da boca de animais infectados ou por vias respiratórias. As características climáticas do inverno favorecem a presença do vírus no ambiente. Sintomas: diarréia, vômitos, corrimento nasal e ocular, tiques nervosos, convulsões, paralisias, ou ainda, a associação deles.

Parvovirose:
Está entre as principais causas de morte por diarréia viral infecciosa em filhotes de cães não vacinados. Transmitida principalmente pelo contato direto com as fezes de animais doentes. Sintomas: febre, apatia, inapetência, vômitos, diarréia com sangue.

Coronavirose:
É transmitida da mesma forma que a parvovirose e apresenta sintomas semelhantes a ela, porém mais brandos.

Hepatite infecciosa:
A transmissão do vírus ocorre pelas descargas nasais e orais e pelo contato com o ambiente. Sintomas: febre, vômitos, diarréia, lesão ocular, dor abdominal.

Tosse dos canis (gripe canina):
Doença muito contagiosa que é transmitida com facilidade, principalmente em dias úmidos e frios. Por baixar a resistência, a doença também predispõe o animal a outras doenças. Sintomas: tosse severa e seca, febre, vômitos.

Raiva:
Doença que pode ser transmitida ao homem. Sua transmissão se dá pela saliva contaminada de um animal principalmente através de uma mordida. Não há cura e a eutanásia é obrigatória. Sintomas: quadro clássico de fúria, irritabilidade, vocalização, inquietação, agressividade, entre outros.

2 MESES
1ª DOSE DA POLIVALENTE

3 MESES
2ª DOSE DA POLIVALENTE

4 MESES
3ª DOSE DA POLIVALENTE

6 MESES
ANTI-RÁBICA

REFORÇO ANUAL:

1 DOSE DA POLIVALENTE
1 DOSE DA ANTI-RÁBICA

Doenças mais comuns dos gatos:

Calicivirose:
Séria infecção respiratória. É comum ser simultânea com a rinotraqueite felina. Infecta as membranas da mucosa oral e causa úlceras na língua. Sintomas: febre, inapetência, descargas nasais e salivação.

Panleucopenia felina:
Doença comum, séria e altamente contagiosa. É transmitida pelo contato com animais doentes ou objetos contaminados (cama, vasilha de alimentos/ água, etc). Sintomas: febre, perda do apetite, vômitos, diarréia.

Rinotraqueíte:
Altamente contagiosa, sendo responsável por quase metade dos casos de infecções respiratórias. Em filhotes a mortalidade pode atingir 50-60% dos animais. Sintomas: espirros, secreção nasal, febre, conjuntivite, salivação e anorexia.

Clamidiose felina:
É uma zoonose (pode contaminar humanos). É altamente contagiosa e transmitida de um animal para outro ou por contato com materiais ou objetos contaminados. Sintomas: congestão ocular, aumento do lacrimejamento, febre, rinite, espirros, prostração, inapetência.

Raiva:
Doença que pode ser transmitida ao homem. Sua transmissão se dá pela saliva contaminada de um animal principalmente através de uma mordida. Não há cura e a eutanásia é obrigatória. Sintomas: quadro clássico de fúria, irritabilidade, vocalização, inquietação, agressividade, entre outros.